ZOYA Earth Day – Nail Polish Exchange

Dia 22 de abril é considerado mundialmente como o “Earth Day” ou no bom e velho português: “Dia da Terra”. A data surgiu lá nos Estados Unidos para conscientizar a galera da importância de pensar na saúde do planeta em pequenos atos do dia a dia.

Daí é que pergunto: você já pensou no que acontece com seu esmalte depois que joga ele no lixo??

Juro que nunca pensei, mas a ZOYA sim!!

Imagem

A ZOYA é uma marca de esmaltes lá da gringa e uma das minhas favoritas. Não só porque tem cores incríveis e texturas nunca antes vistas na história desse país, mas também porque sempre manteve fora da sua fórmula alguns elementos químicos super perigosos (principalmente para as alérgicas) como o tolueno, dibutil ftalato, e até a resina do formaldeído.

Daí que durante uma semana, o site da Zoya está dando 50% de desconto para quem trocar seus esmaltes antigos que iriam pro lixo por estes novos da marca. É isso!!! Você envia pra Zoya seus esmaltes antigos e eles cuidam do resto. 🙂 Entra lá pra saber as regras direitinho – www.zoya.com

Eu vim contar pra vocês primeiro, mas já estou indo lá escolher minhas cores… Pra deixar na vontade, olha só alguns vidrinhos que estou namorando aqui:

 

É Utilidade Feminina & Planetária 😛 😛 😛 😛

Ms. Can’t Be Wrong – Sephora by OPI

Pra voltar à ativa, escolhi usar essa semana um esmalte ryco que fica bem em qualquer situação, como o nome dele já sugere: Ms. Can’t Be Wrong. (Senhorita Não-Pode-Estar-Errada)

Ms.CantBeWrong

Não é uma belezinha?

Um vermelho cereja que dá pra passar a semana inteira e não enjoar. Isso se ele durasse a semana inteira, né?! Haha pintei no sábado e já na quinta-feira não tinha mais condições de ficar na minha unha, porque tava tooodo descascado!

Agora sou desperate housewife também, né?! Minha missão agora é encontrar um esmalte que sobreviva lavagem de prato, roupa e cuidados da casa em geral durante uma semana inteira!! Vamos acompanhar…

foto 4 (2)

Dá pra perceber nessa foto que ele tem uns brilhinhos no vidro? Eles não aparecem quando passamos pra unha, mas são eles que dão toda a diferença no resultado final da cor!

Ele foi um dos poucos que trouxe comigo na mudança, e agora vocês já sabem o porquê. Não dá pra ficar sem, né?!

Um beijo.

Back to black, blue, pink, red, orange…

Esse blog desde sempre foi pra mim um diário pessoal, um lugar onde dividia com amigas e leitoras todas minhas aventuras no mundo dos esmaltes. Ele era um dos maiores prazeres e me deu as maiores alegrias por muito tempo. Conheci pessoas incríveis, aprendi muito do que hoje utilizo no trabalho e na vida.

Aos poucos fui perdendo o tesão por ele, muito por conta da “obrigação” que ele virou. O que era uma válvula de escape da rotina dos estudos e trabalho já estava ficando parecido com todas essas coisas chatas do dia a dia que eu tentava fugir com o próprio blog. Principalmente quando, no meio de 2011, passei por uma cirurgia e fiquei na cama por 15 dias, tendo que ler comentários e tweets do tipo “que falta de consideração e respeito com suas leitoras”, ou algo como “te mandei e-mail com uma pergunta sobre esmalte X e você ainda não respondeu, se não sabe é só dizer…”. Enfim, fiquei em choque com certas coisas que precisei ler, e fui perdendo mesmo a vontade de aparecer por aqui.

Queria muito que tudo fosse leve como antes, que eu pudesse ser eu mesma, seguir meu ritmo, não me preocupar com frequência ditadora de posts… e apenas voltar a postar por prazer! Sentia falta daqui, por isso I’m back!  🙂

As unhas? Vão bem, obrigada! Não ando com elas nuas só porque não tiro mais tantas fotos. Existe uma vida real agora, em que lavo pratos, faxino a casa e ela descasca. Mas assim é mais legal, né?! Daí dá pra trocar a cor de novo!!

Esmaltes? Tenho bem menos do que há dois anos atrás, ultrapassei os 600, e não me orgulho disso. Quando me mudei pra São Paulo, doei quase todos e trouxe apenas os queridinhos que muitas de vocês já conheceram aqui nesse blog ancião.

Ah sim, muita coisa mudou!

Há dois anos atrás eu tinha 23 anos, era professora de inglês, morava na casa dos meus pais em Salvador e sonhava em um dia estudar/trabalhar com moda.

Hoje realizei esse sonho. Há pouco mais de um ano me mudei pra São Paulo pra fazer uma pós-graduação em Moda (acabei entrando em duas, e estou cursando ambas – aloca), e hoje trabalho na Revista L’Officiel. Tenho hoje minha casa, meus gatos, minha vida, atravesso a “cidade grande” todos os dias em altas aventuras. Muita coisa mudou! Mas a paixão por esmaltes continua comigo até hoje, por isso sentia tanta falta de aparecer por aqui.

Hoje o Utilidade Feminina completaria/completa 6 anos do seu primeiro post.

Achei essa data cabalística e quis reativar nossos “papos” por aqui.

Espero continuar e me divertir junto com vocês.
Um beijo.
– prova de que as unhas e esmaltes continuam fazendo parte da minha vida

Skittles Nails (parte 1)

Daí que eu já tinha visto por ai um burburinho sobre meninas saindo por ai com uma unha de cada cor as chamadas Skittles Nails), e ainda tava decidindo se teria coragem ou não de fazer o mesmo, quando me ligaram da redação do jornal Correio aqui de Salvador, querendo fazer uma matéria sobre a tendência e propondo que eu fosse a modelo das fotos, além de passar uns dias com as unhas coloridas pra ver o que a galera ia achar.

Olha só no que deu:

Não dá pra ler muito bem a matéria, mas adorei a foto de Angeluci Figueiredo.

A escolha dos esmaltes pra foto foi fácil. Meu tio tinha chegado do Paraguai dias antes, e trouxe pra mim esmaltes do lado de lá da Ponte da Amizade. Presente não se pergunta o preço, mas ele entendeu que eu precisava contar tudo a vocês, e me disse que cada um custou apenas um dólar, por isso na sua bagagem tinham váários pra minha coleção!

303, 302, 304, 911 – Carey ; e o Eclipse – Big Universo.

Os esmaltes da Carey são mais fáceis de serem encontrados lá pras bandas do sul, o que é uma pena, porque gostei muito deles!! Vi que por lá o preço deles não é tão amigável assim, chegando a quase o valor de 4 reais por um vidrinho (sendo que eles não são hipoalergênicos). O verdinho303 foi o mais chato de passar, super ralo, tá com 3 camadas na foto e ainda sim não tá legal. O mais lindo de todos é o azul 911, que além de ser ~azul~ também tem uma cobertura incrível!!!

Escolhi as cores mais vivas dentre as que meu tio me deu, pra ficar bem chamativo mesmo na foto. Porque né, se vamos colorir, que seja com cores escandalosas!!

Achei que não conseguiria passar mais de um dia com as unhas coloridas, mas a verdade é que adorei e sai feliz-alegre-e-contente pro shopping, pro trabalho, etc. Quem me conhecia não se espantou muito, mas eu fazia questão de perguntar a todos se tinham gostado ou não. A maioria adorou a loucura nas unhas, mas não teriam coragem de usar. Ouvi um “você pode tudo, se fosse eu iria ficar estranho!”, mas eu acho que isso é questão de se sentir confiante com o que está usando e pronto!!

Essa matéria deu muito o que falar!!! Tanto que o resto eu conto na oooutra parte do post!

Beijo, meninas!!

UF no Jornal Hoje

Adoro que o site do Jornal Hoje sempre disponibiliza os vídeos das melhores matérias da edição do dia super rápido!! Pouco tempo da matéria ir ao ar, já tinha o link lá!

A matéria foi filmada pela filial da globo aqui na Bahia, e o tema central eram as novidades em esmaltes. A Patrícia Nobre, repórter simpaticíssima e conhecida por todos os baianos, foi naMiss Verniz, a primeira esmalteria (loja dedicada apenas a esmaltes) de Salvador. Depois ela foi na casa de uma louca que coleciona esmaltes – eu – indicação de sua filha Giulia, que soube que lê sempre o UF!!

Ai, eu falei taaanto na matéria! Falei horrores! Mas só deu pra passar um pedacinho bem rápido, onde estou até séria! Afinal, o assunto é seríssimo! Hahahaha!

Então! Pra quem não viu, o vídeo está NESSE LINK, que vai direto pro site do JH.

-update-

As meninas da Miss Verniz colocaram o vídeo no youtube, então dá pra ver direto daqui do blog:

 

Um beijo e obrigada pelo carinho, meninas! 🙂